Notícia: FBI interrompe uma rede de fraudes bancárias pela Internet

01/10/2010

O FBI com ajuda de parceiros internacionais desmantelou um rede de criminosos cibernéticos que atuava em vários países. As vítimas dessas fraudes eram indivíduos, pequenas e médias empresas, municípios e igrejas que tiveram seus computadores infectados com uma versão da Botnet Zeus.

O malware capturou senhas, números de contas e outros dados usados para entrar em contas bancárias online. Os criminosos então entravam nas contas da vítimas e transferiam o dinheiro para conta de terceiros, conhecidos como mulas. Esses, por sua vez, transferiam para as contas dos criminosos ficando com uma porcentagem do dinheiro.

Esse esquema resultou na tentativa de roubo de US$ 220 milhões, com perdas reais de US$ 70 milhões das contas bancárias das vítimas. O FBI teve ajuda de agências policiais da Holanda, Reino Unido e Ucrânia. Além disso tiveram apoios de parceiros público-privados e pesquisadores de segurança na Internet.

Segundo palavras do diretor do FBI, “nenhum país, nenhuma empresa, e nenhuma agência pode parar o crime cibernético. A única maneira de fazer isso é trabalhar juntos”.

Para conhecer um pouco mais sobre o esquema desmantelado pelo FBI veja o gráfico.

Acesse a notícia em inglês no site do FBI.

Situação no Brasil

Segundo a FEBRABAN, Federação Brasileira de Bancos, em 2009 os bancos brasileiros perderam R$ 900 milhões com as fraudes bancárias pela Internet.

As policiais civis e federal estão fazendo parcerias com os bancos para investigarem esses crimes e diminuírem os prejuízos causados pelas fraudes.

2 comentários:

  1. MANO, 900 milhões...
    Não imaginava que a coisa era tão séria.
    E se for ver, a culpa em 90% dos casos é de quem?
    Do usuário, que compra o computador e não procura aprender nem o que é um link.

    ResponderExcluir
  2. Depende do ângulo que se vê!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...